Follow my blog with Bloglovin .Fofismos.

01/10/2014

Mudanças!!

Olá, pessoal!!!

Chega um momento na vida da gente que é preciso mudar, evoluir! Por mais que eu ame tudo que realizei aqui no Fofismos, chegou a hora de seguir em frente! Ele sempre foi um canal direto para falar sobre moda do Japão, principalmente Gyaru e Lolita, em um tempo em que não existiam taaaantas informações quanto hoje (:

Para não perder as postagens de tutoriais , vou deixar o Fofismos aberto (: das vezes que o encerrei, recebi muitas mensagens pedindo para voltar exatamente por conta dessas postagens sobre lolita, compras e afins, então fiquem com elas!!

Caso queiram continuar me acompanhando, eu agora escrevo no www.anaalice.com.br!

E também podem me seguir pelo

tumblr: fofismos.tumblr.com
ig: http://instagram.com/fofismos
twitter: twitter.com/fofismos


Beijinhos e obrigada por tudo!!!


01/08/2014

Lista : Series sobre Fantasia

Oi!

Aproveitando que hoje é o último capítulo de "Meu Pedacinho de Chão" fiz uma compilação das minhas séries e programas fantásticos favoritos e que aconselho seriamente todos aqueles que amam o lúdico e boas histórias/roteiros assistirem (:

Meu Pedacinho de Chão:


Não pude assistir todos os dias, por conta do horário, mas o que vi me encantou em tantos níveis que fica até difícil resumir! Desde que comecei a estudar e trabalhar com moda assisto o que posso de novelas, pois elas são um ótimo veículo em que se criam ou divulgam tendências, independente de seu enredo ou relevância para a dramaturgia. Uma produção tão minuciosa, teatral e diferente não poderia passar despercebida! O grande diferencial d'O Pedacinho é que não foi só esteticamente um deleite, mas sim contava uma história de forma simplificada mas criando raízes. O núcleo reduzido de atores principais aliado a uma temática lúdica fez com que essa novela virasse rapidamente uma de minhas favoritas (Junto com VAMP e Que Rei Sou Eu). Uma pena que foi de curta duração... espero que pelo menos lancem DVDs ou Blu-Rays com todo o conteúdo, porque mesmo com uma aceitação um tanto quanto baixa (por ser bastante diferente do que o público esta acostumado) foi um marco televisivo.


Para quem não sabe do que se trata, o enredo se passa em uma pequena cidade rural fantasiosa e conta a história da chegada da Professora Juliana (Bruna Linzmeyer) e sua tentativa de educar as crianças locais, batendo de frente com o Coronel Epaminondas (Osmar Prado). Ela acaba por se tornar alvo do amor de Zelão (Irandhir Santos) um peão inicialmente meio "troglodita" e capataz do Coronel. Temas como falta de educação básica, disputas de poder, preocupação ambiental e aventuras variadas permeiam os capítulos.

Pushing Daisies



Antigamente eu não era uma expectadora assídua de séries. Enquanto minhas amigas colocavam Friends num pedestal, os únicos canais que eu assistia da tv a cabo eram Nickelodeon e Cartoon Network (haha e mais um que passava animes, que mudou tantas vezes de nome que nem sei mais). Então demorou para aparecer alguma série que eu tivesse acompanhado do começo ao "fim". 

Pushing Daisies foi ao ar de 2007 a 2009 e teve só duas temporadas, infelizmente terminou sem um desfecho próprio. Em um universo repleto de comédias cotidianas e sitcoms (não levem a mal, não tenho muita coisa contra haha inclusive eu amo Seinfeld!!) essa série veio com uma leveza e cenários tão incríveis e diferentes!!

As roupas lembravam muito a década de 1960, assim como os objetos de cena. Mas ela era atemporal (:


Pushing Daisies conta a história de Ned (Lee Pace), um homem com um poder incrível: de trazer as pessoas de volta a vida apenas com um toque. Mas, mais do que um dom, é também uma maldição: se ele tocar novamente a pessoa que trouxe a vida, ela imediatamente morre (o que ele descobre da pior forma logo no primeiro episódio). Ned é um fazedor de tortas mas que também trabalha para a polícia, por conta de sua peculiar característica. Ele interroga os cadáveres perguntando o nome de seus assassinos e depois os "mata" novamente. Mas tudo vira de cabeça para baixo quando uma das vítimas é seu amor de infância Charlotte "Chuck" Charles (Anna Friel) e ele decide deixa-la aproveitar um pouco mais de sua vida. 

É curtinha, 22 episódios !

Doctor Who



Ok, ok, podem falar que é mais Sci-Fi, mas eu enquadro em Fantasia, com certeza!!! Apesar de não ter assistido tudo ainda, essa série me conquistou de uma forma que não esperava, pois tive várias oportunidades para assisti-la mas sempre deixava de lado. O bom é que existe netflix e lá tem quase todos os episódios dessa nova versão do Doutor (que começa com o Christopher Eccleston sendo o 9º doutor em 2005), faltando só um super importante da 4ª para a 5ª temporada haha, mas isso não é o caso aqui!

Eu adoro tudo que é de época, mais do que assuntos espaciais, mas como Doctor Who é um mix disso tudo vira super válido! Meus episódios preferidos são obviamente os passados na Terra em algum ponto histórico onde o Doutor interage com figuras reais.

O Doutor é um alienígena, mas com uma configuração quase humana (a capacidade de compreensão/dedução dele é muito superior do que a nossa e ele tem dois corações) da raça dos Senhores do Tempo. Ele tem uma nave em forma de cabine antiga da polícia inglesa que o permite viajar no tempo e espaço. Como levamos uma vida tão corrida muitas vezes não percebemos o quanto o Doutor já fez por nós, salvando a Terra e o espaço inúmeras vezes. Ele sempre viaja acompanhado de seus companions, humanos que ele de certa forma se identificou e partilha com eles essas aventuras. Como uma deles coloca muito bem, ele PRECISA dessa companhia, alguém para lembra-lo de ser uma pessoa melhor, menos egoísta. Explicando o porque de que o personagem muda entre temporadas : o Doutor quando esta prestes a morrer tem a capacidade de se regenerar, criando um novo corpo e uma nova imagem. Quando você se apega muito a um ator e sua versão de Doutor, essa experiencia pode ser um tanto quanto traumática e dolorosa (assim como a mudança dos companions). Mas enfim, é uma série com uma base de fans enorme, com muitos trequinhos e merchans haha!

Eu não tinha noção do tamanho dessa série até viajar ano passado para Inglaterra e calhar de estar por lá exatamente na época que anunciaram o novo Doutor (o 12º, que será interpretado pelo Peter Capaldi). Voltamos de um passeio a tarde e estranhamos as ruas estarem vazias e com pouco movimento (isso em Londres). Ligamos a TV e era o momento do anúncio do novo Doutor haha! Sério, o jornal da BBC (que produz a série) ficou repetindo em looping por HORAS o momento da escolha, assim como uma entrevista do Peter Capaldi... é surreal mesmo, parou o país, estilo final de Avenida Brasil rssss!

Once Upon a Time


Vi a primeira temporada também graças ao netflix (viva!!!) e acabei gostando por se tratar de contos de fada. Mas é uma releitura muito bem pensada, colocando novas personalidades a figuras que a gente já conhece de longa data.

A história se passa em uma pequena cidade americana, que foi "aprisionada" no tempo por uma maldição, levando todos os personagens de histórias e contos a assumirem novas personalidades no mundo real. Eles não tem recordação de seu verdadeiro passado e passam a viver "normalmente" sem questionar nada. Isso se quebra com a chegada de Emma Swan (Jennifer Morrison) uma caçadora de foragidos procurada por Henry (Jared Gilmore), um menino que desconfia da situação de sua cidade pois possui um livro de histórias.


A única ressalva que eu tenho dessa série é dela ser "muito americanizada" esteticamente. As pessoas vivem em um mundo real, como o nosso além do da fantasia, e estão sempre perfeitas, acordam com o cabelo feito, a maquiagem impecável e usam jeans tão apertados que mal consegue respirar (pobre Emma hahaha!). Isso me incomoda demais em várias séries americanas, a não ser que a série produza alguma época ou estética (Até como Pushing Daisies e Mad Men). Ser linda e ter pele de pêssego no mundo da fantasia é ok, mas por aqui fica complicado acreditar haha!

E vocês, tem alguma série ou programa de Fantasia para indicar? O que andam assistindo ou já assistiram?

Até o próximo post!

21/06/2014

Got Lolita - Ichigo Mille-feuille OP (AP)

Olá pessoal, tudo bem?

Desde que fui taxada no começo do ano por um LP da Angelic Pretty eu prometi que não faria compras lolita e de fora por um tempo. Não acho injusta a taxação em si, mas sim os preços abusivos, fora de realidade e que não ajudam em nada a promover concorrência local ou o mercado interno. Se o valor que gastamos retornasse para gente tudo bem, mas como esse não é o caso.. :p Outra coisa que me incomoda é a lentidão dos serviços da aduaneira e dos correios... parece até que vivemos no século XVIII e temos que esperar as novidades e coisas chegarem de navio, de carroça, nos caxeiros viajantes...até naquela época deveria demorar menos do que esperamos hoje!!

Encontrei imagens stock de todas as cores...menos do preto que nem o meu...

 Ok, depois desse /ragequit , vai a história dessa peça que comprei: era um dos meus dream dresses há muito tempo, mas sempre que tentava conseguir não dava certo. Já tentei de todas as cores e em vários lugares. Mas para minha alegria, a Closet Child disponibilizou esse OP em preto em Maio, minha 1ª opção. Ele é de 2007, numa época em que a Angelic Pretty estava começando a fazer peças estampadas. Depois de 5 semanas de postado (pedi por SS, pois a Closet Child só envia por EMS, envio que nunca mais peço na vida) o vestido chegou hoje (um sábado!!).


O status do rastreio mudou de "Encaminhado para CTC Curitiba" para "Saiu para Entrega"... talvez o volume de encomendas esteja tão alto que nem estejam mais escrevendo nos pacotes ou anunciando que passou por lá. Todos os pacotes de até 2kgs tem que passar por essa Aduaneira do Paraná. Não tive que pagar imposto por essa peça.

Cartinha da SS <3

Sempre que a gente pede esses vestidos mais antigos ou até mesmo com outros donos do Japão é uma surpresa: ele parece saído da loja. Bem que eu falo e insisto, comprar lolita de segunda mão vale muito, mas muito a pena. Chegou cheiroso, macio e como novo!!

Eeeee bagunça '-' o pacote chegou bem quando estava saindo para trabalhar, mas queria tirar fotos haha!

A print é de morangos com flores, laços e uma renda estampada.



Nessa época as rendas deles eram assim: ou substituídas por tule ou tule com bolinhas (como o caso do Dreaming Macaron). Agora eles já contam com outros tipos de renda, mais "exclusivas" e seguindo os detalhes da print.

O vestido não tem shirring, mas cabe em mim! Antigamente a AP fazia peças com uma modelagem mais interessante do que agora, na minha opinião, e também um pouco maiores. Mas achei o vestido um pouco curto do que os outros que tenho...enfim, não ligo, vou usar mesmo assim!

Conclusão: para um vestido de 7 anos ele esta muito bem, de verdade haha! Não temam em comprar das japonesas ou peças muito antigas!

Beijinhos e até o próximo post!

16/06/2014

Julieta de Serpa - Musical Anos Dourados

Oi!~

A última vez que fomos ao Julieta de Serpa (uma casa cultural/restaurante aqui do Rio de Janeiro) foi em 2012, como o tempo passa rápido, hein? Esse final de semana pudemos ir novamente!

É sempre uma delícia ir, a casa é linda, rende muitas fotos em ambientes bem cuidados e maravilhosos, mais lanche da tarde e um musical. O dessa vez foi "Anos Dourados". Não foi o melhor que a gente já foi, mas bem divertido! (senti falta de mais cantores, só uma dupla cantou, músicas em português e inglês).

Não tirei fotos do lanche, mas algumas do outfit que montei (já estamos em Junho e só usei lolita duas vezes, contando com essa!!). Obrigada Thay que tirou essas fotos <3




Outfit:

JSK & Bonnet: AatP
Cardigã: Le Carrosel
Meias: Innocent World
Luvas: Accessorize
Acessórios : What Alice Found













Não tirei com minha câmera uma foto do grupo todo, mas éramos 17 pessoas! Um recorde para os encontros aqui do Rio (:

Obrigada por ler
Beijinhos e até o próximo post!





09/06/2014

La Farfa e Moda Plus Size no Japão

Oi!

Enquanto algumas publicações estão acabando, outras surgem com força total no Japão! E não é uma revista qualquer, mas uma que surge em um momento importante em que precisamos ver a moda sob diferentes óticas (:

Queria ter comentado antes sobre essa revista, a La Farfa, mas como deixei o blog em hiatus estou só a citando agora!



Ela é uma revista especializada em Moda Plus Size no Japão! Como qualquer outra publicação, ela é patrocinada e apóia lojas dentro desse público alvo.

Sempre que via ou lia algo sobre a moda do Japão algo que vinha a tona era a pequena numeração oferecida por muitas delas. Lembro de uma reportagem sobre a loja do Herchcovitch em Tóquio e o Zeca Camargo não dando em nenhuma roupa, pois lá eram só vendidas numeração zero ou um. Então muito erroneamente a gente imagina um povo todo que veste só P, quando na verdade o Japão é tão plural quanto o Brasil.

A revista é para o público jovem feminino e intitula suas modelos de Marshmallow girls <3

Não somente ela, mas outras lojas já estão fazendo campanhas publicitárias e anúncios online com meninas plus size, como o caso da loja virtual Yumetembo Dream V, que criou a sub-marca Plumprimo:


Isso é muito importante! Para um país que valoriza a magreza das mulheres (gente, todas as revistas de moda tem adds no final com histórias de emagrecimento, pílulas e cremes loucos, meninas que já são magras ficando mais magras ainda! Isso não é nada saudável!!)

Posso até dizer que a modelo Nadia Aboulhos tem participação  nesse levante tão maravilhoso! Ela é uma modelo com muito estilo e que já foi citada várias vezes na Elle e na Vogue americanas e da europa e que com certeza inspira diversas mulheres no mundo todo!

Aqui você pode ver mais sobre uma das modelos da La Farfa, a  Goto Seina (:

Sei que é muito difícil uma marca querer se especializar em plus size, mas espero que surjam outras de variados estilos, principalmente Lolita! (a única que faz tamanhos grandes é a Bodyline).


:* e até o próximo post!



05/06/2014

Guia de Compras - Lolita


 Oi, gente!

A maioria das mensagens que eu recebo via fb é a respeito de onde eu compro as roupas Lolita. Sei que muita gente já esta careca de saber os links, as fontes, os paranauês, mas para aqueles que estão começando ou mesmo os veteranos tem sempre uma dica nova (:

Bom, primeiro é preciso falar que roupas Lolita das chamadas “Brands” as marcas que trabalham com isso consolidadamente, já como indústrias, têm lojas físicas e virtuais precisam na maioria das vezes ser importadas, ou na cara e na coragem nossa ou usando um serviço de shopping service. Assim como as marcas independentes, as “indies” estão localizadas lá fora nosso grande foco e ferramentas serão sempre as compras virtuais.

Para comprar com independência:
Antes de tudo é preciso ter um cartão de crédito internacional e ficar atento a todas as taxas. Não é só ver o preço da roupa e converter para reais para saber seu valor final, é preciso pensar no IOF, que não é uma taxa, mas sim uma alíquota (o que bem, não vem ao caso haha!) e que custa mais 6,38% em cima do valor. Fora que a maioria das lojas e serviços usam o Paypal – um intermediador de transações online - que tem também uma série de taxas de transação a 6,4% base. Fique atento também  na variação de cambio mensal, que vem corrigida a cada fatura do cartão.

Então basicamente para realizar compras via internet e internacionais você vai precisar muitas vezes do combo cartão internacional + conta no paypal.

Oba!! Já estou pronto para comprar, quais sites eu uso?
A maioria das lojas japonesas envia internacionalmente e disponibilizam páginas em inglês, assim como algum atendente fluente na língua.  Eu particularmente não indico comprar diretamente dos sites pois o único tipo de envio que eles usam é o EMS.

Lá fora o EMS é um serviço de entregas rápido e eficaz, mas a história aqui no Brasil é outra: não se cumprem os prazos e seu pacote fica preso na receita federal de qualquer jeito (vou falara disso um pouco mais a frente). Fora que quase 100% dos pacotes enviados nessa maneira são taxados e não passam pelo processo de amostragem que ocorre atualmente no Brasil.

Eu não indicaria comprar direto das lojas a não ser que seja um item que você queira muito e tenha economizado especialmente para isso.

Site da AP de San Francisco - produtos mais caros, mas maior facilidade de comprar do que no site internacional, vai entender...

As marcas Indie tem sua base em páginas do facebook. Comprar com eles pode ser mais fácil do que direto das lojas e pode existir a possibilidade de diferentes tipos de envio. Em sua maioria eles não trabalham com pronta entrega, que é ter no momento da compra um estoque. As roupas são produzidas "made to order", ou seja por pedido e levam cerca de um mês entre sua manufatura e envio.


Mas eu continuo querendo roupas de brand!
Ok, ok...os sites que eu já comprei e indico são: ClosetChild, Maiden Clothing e leilões do MBOK e Yahoo! Japan Auctions. São em sua maioria roupas de segunda mão, mas por experiência, roupa Lolita é um tipo de vestimenta que a pessoa usa 2, 3 vezes no máximo. Por serem feitas com materiais de qualidade não se acabam com facilidade, como as roupas normais que encontramos aqui no Brasil. Os dois primeiros sites descrevem e tiram fotos dos produtos. Nos leilões é mais complicado, mas eu sempre tive experiências positivas com vendedores japoneses. Então, não fique com receio de comprar roupas acabadas, puídas e rasgadas, pois dificilmente isso irá acontecer. E eu indico que usem um serviço de shopping service localizados no Japão, porque para os leilões é preciso ter uma conta com endereço japonês. Mais uma vez, para o preço final você tem que levar em consideração todas as % faladas no inicio do texto, + o serviço do SS e as eventuais taxas (em leilões se cobram outras taxas).

Closet Child: Atualizações todas as quintas e sábados! Já consegui alguns Dream Dresses a preços maravilindos <3

Existe também a Lolita Desu, que na verdade eu descobri há pouco tempo, nunca testei, mas eles têm bastante coisa da Angelic Pretty. O site é bonitinho e eu achei algumas reviews positivas na internet. Mas só estranhei o fato de nem todas as roupas terem as fotos sem ser as do release originais. Sempre desconfiem disso! As vezes colocam para esconder algum defeito! Sempre que puderem peçam fotos do produto em questão.

Outra ferramenta nova que eu também ainda não testei mas parece funcionar maravilhosamente é o Portal Lace Market. É uma espécie de "Mercado Livre" de lolitas, onde as transações ocorrem direto do comprador para o vendedor. Você tem sua conta, uma página de feedback, pode trocar mensagens com o vendedor e achar tudo por categorias e tipos de peças. O visual é bem limpo e um site que eu adoro! Os pagamentos são feitos pelo Paypal nesse caso.



Quase na mesma linha que o Lace Market, o antigo EGL Sales do LJ. Mas atualmente, pela facilidade julgo o Lace Market superior, apesar de que nem todas as vendas da comunidade acontecem por lá. Existe vendas também pelo facebook (Lolita Sales in English)

Shopping Services:
Existe uma série de Shopping Services, sejam eles para comprar nos leilões japoneses ou até mesmo pelo Taobao (creio que o Taobao valha uma postagem separada dessa!). From Japan, CELGA, Tenshi Shop, uma infinidade deles. Procure sempre por feedbacks, essa é sua melhor maneira de se proteger. Os SS aceitam pagamentos via paypal ou por um sistema similar do Amazon.

A Tenshi Shop: SS que uso para os sites de leilão japoneses. Existem muitos outros, mas eu adoro esse!

Mas Pix, eu não tenho cartão internacional, e agora?
Bom, caso você não tenha, existe uma série de pessoas que prestam esse tipo de serviço aqui no Brasil, podendo aceitar pagamentos por diversos métodos. Uma dela é a Rika, do le cafe shop. Mas tenha em mente que para cobrir os gastos, os shopping services cobrarão além das taxas e alíquotas já citadas acima, um percentual para efetuar o serviço de compra. Nada mais justo, pois eles estarão oferecendo um serviço diferenciado à você.

Outra forma de ir construindo seu guarda roupa é ficar de olho nas vendas nacionais do facebook, da comunidade Lolita Sales Brasil e procurando marcas nacionais, como a Le Carrousel

Atenção para as compras internacionais!
Fora as taxas, envio, SS e tudo mais, ainda é preciso ficar de olho na possível cobrança alfandegária. Atualmente nem todos os pacotes são taxados, pois o método que eles usam é o de amostragem: um a cada uma série de pacotes é parado e tributado. Essa taxa é de 60% em cima do total de sua compra (valor + frete) para compras até USD 500, fora a nova taxa de R$ 12 que os Correios estão cobrando desde o dia 02/06. Compras de pessoa física para pessoa física abaixo de USD 50 pela lei e teoria não deveriam ser taxadas, mas infelizmente não é o que acontece. Lembrando que por envio EMS a chance de ser taxada é enorme!! 

Sempre escolham métodos de envio com rastreio! Muito "se perde" nos Correios, e tendo um número é uma das poucas formas de nos protegermos e termos certeza por onde nosso pacote passou ou irá passar.

Fiz minha compra!! E agora, quanto tempo demora para receber?
Isso vai variar BASTANTE. Como o fluxo de compras internacionais só aumenta mas o efetivo de pessoas trabalhando no recebimento continua o mesmo, uma compra internacional pode demorar de 15 dias até 90 para chegar. Já vi casos de esperar por MESES (o tempo mais longo que esperei foi de cerca de 6 meses...é...), então tenha muita paciência e veja a necessidade de se ter um código de rastreio, apesar disso não acelerar o processo, ao menos é uma garantia.

Fazendo suas próprias roupas
Uma outra dica que dou, se você tem o dom da costura ou acesso a isso, é o de comprar revistas e livros de costura e moldes Lolita pelo Amazon! Livros e periódicos (jornais,revistas) não são taxados !! Uhul, ao menos isso!! Mas se for contratar alguém para fazer algum modelo, tenha certeza que a pessoa que o fará tem um bom trabalho de modelagem! Procure referências de trabalhos anteriores dessa pessoa ou loja. Roupa Lolita não é fácil nem barata de se fazer, pois envolve uma série de metragens de materiais, acabamentos e aviamentos.


Links

Lojas Internacionais
Angelic Pretty USA http://www.angelicpretty-usa.com/*
*Atualmente esta mais fácil comprar do site americano do que do japonês...
Metamorphose http://www.metamorphose.gr.jp/ - A Meta é uma loja muito querida, uma das primeiras que comprei direto pois são muito receptivos e respondem sempre os e-mails! É possível comprar mandando um e-mail para eles com o link do produto que você deseja (:
Baby e AttP San Francisco http://shop.baby-aatp.com/*
*Mais uma vez, é mais fácil comprar do site americano do que do japonês...
Bodyline http://www.bodyline.co.jp/bodyline/ - A mais fácil de se comprar, toda em inglês! Não esqueça de colocar a conversão em ienes para pagar menos do que em dólares!

Lojas Indie

Links diretos do MBOK

Espero ter sido útil! Ufa, haha! Que texto longo!
Se tiverem algumas dúvidas, podem perguntar!

Beijinhos e até o próximo post~

04/06/2014

Fim de Gyaru?

Oi, Pessoal!

Eu demorei tanto a fazer postagens que nesse meio tempo um dos estilos que seguia e andava me dedicando acabou...rs!

Brincadeiras a parte, muitas são as especulações de que o estilo Gyaru esta com seus dias contados.
Desde que importantes publicações do estilo pararam de ser impressas (algumas por falência de suas editoras outra por talvez reposicionamento de mercado) o burburinho é o de que sim, gyaru acabou.

Catálogo novo da Liz Lisa : Claramente se vê uma mudança na estética, maquiagens mais leves, mas isso necessariamente não significa que o estilo acabou!

Pessoalmente eu não acredito que um estilo presente há tantos anos e já firmado chegue ao fim com tanta facilidade. Talvez o que ocorra é uma evolução do estilo, como já aconteceu com vários outros. São muitas as empresas - fora as revistas - que trabalham com o tema ainda fortes no  mercado, principalmente marcas de roupas, lentes e maquiagem. Eu sinceramente não vejo a Liz Lisa fechando as portas em algum momento em um futuro breve :p

O blog universal doll fez uma postagem ótima (em inglês) abordando como funcionam as empresas no Japão e o que acontece quando elas entram em falência, um sistema bem diferente do americano e consequentemente do nosso. Ele também frisa que apesar de muitas meninas terem claramente uma estética do estilo, não se consideram gals e que uma grande parte ainda vê Gyaru apenas como as meninas de pele bem bronzeada e cabelos loiros de "antigamente".

 
Coleção Primavera/Verão Ank Rouge

Um estilo que engloba uma série de outros (exitem Gyarus mais roqueiras, românticas, mais maduras, esportivas, divertidas) não tem nem como sumir do dia para a noite! O que precisamos e nos ater menos a um nome apenas e focar numa estética. Mesmo que não se considerem gals, é inegável que muitas meninas se inspirem nelas e façam uso dos mesmos truques.

Outro fator que o difere de outros estilos genuinamente urbanos e japoneses é exatamente o fato de que seja possível existir um universo de outros estilos na mesma categoria, como colocado acima. Não existe uma estética clara e regras de indumentária, são diversas lojas, mesmo que algumas tendências se sobressaiam acima de outras a cada estação (a de agora é a moda inspirada na estética de 1950), o forte mesmo são as maquiagens, cabelos e na polêmica obrigatoriedade de cílios e circle lenses. 


Mudança da Identidade Visual da Dolly Wink: Acima, antes e abaixo uma nova linguagem, mais delicada e floral.


Espero que possa durar muitos e muitos anos, para continuar comprando os maravilhosos Happy/Lucky Packs/Bags que adoro haha!!

Beijinhos e até o próximo post!